CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEDICINA VETERINÁRIA DO COLETIVO

O Histórico

O Instituto de Medicina Veterinária do Coletivo (IMVC), antigo Instituto Técnico de Educação e Controle Animal (ITEC) é uma organização não governamental, sem fins lucrativas, que visa a capacitação dos profissionais que lidam direta ou indiretamente com os animais de estimação para a promoção da saúde dos indivíduos, famílias e comunidades por meio da convivência harmoniosa entre humanos e animais. Preocupado com as novas demandas sociais que envolvem as práticas dos profissionais que atuam direta ou indiretamente com as interações humano, animal e ambiente, promoverá a X Conferência Internacional de Medicina Veterinária do Coletivo de forma online.

A Medicina Veterinária do Coletivo (MVC) é uma nova área da Medicina Veterinária que interliga a Saúde Coletiva, a Medicina de Abrigos e a Medicina Veterinária Legal nas questões referentes às interações humano, animal e meio-ambiente. Exige a formação de um profissional que integre o sistema para a promoção da saúde dos indivíduos, famílias e comunidades por meio da estratégia de saúde única, com habilidades para coordenar a integração intersetorial e multiprofissional.

Em 1999, a Medicina Veterinária do Coletivo (MVC) começa a fazer parte do currículo de algumas escolas veterinárias americanas e programas especiais começam a ser desenvolvidos.  No Brasil, o primeiro curso de Medicina Veterinária do Coletivo foi realizado pelo Programa de Proteção e Bem-estar de Cães e Gatos da Cidade de São Paulo (PROBEM) em junho de 2009, com apoio internacional do Centro de Pesquisa da Interação da Saúde Animal, Humana e Ecológica (CISAHE) da Universidade De La Salle, Colombia, Secretaria de Estado da Saúde, Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo e Instituto Técnico de Educação e Controle Animal (ITEC).

As Conferências de Medicina Veterinária do Coletivo (MVC) nasceram em 2010 na Universidade de São Paulo (2010 e 2011). Em 2012 e 2013 aconteceram na Universidade Federal do Paraná (UFPR); em 2014 e 2015 na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); em 2016 e 2017 na UniRitter Porto Alegre. A partir de 2017 a Conferência passou a ser bianual, com a última edição em 2018 na Paraíba.

A prática da MVC no Brasil tem se acelerado principalmente com as novas realidades jurídicas de cunho ético/moral de alguns estados que impedem a eliminação de animais sadios pelos serviços de controle de zoonoses. Nesse momento de delicada transição, a ciência precisa caminhar junto com a ética e a lei, oferecendo as bases para os médicos veterinários promoverem uma vida digna, sem sofrimentos, aqueles que necessitam permanecer confinados, independentemente do tempo.

Confira nossas conferencias já realizadas:

X Conferência Internacional de Medicina Veterinária do Coletivo (MVC 2021).

Em 2021, por conta dos desdobramentos da pandemia em que o mundo vive, faremos de forma remota, 100% online.

9ª Conferência Internacional de Medicina Veterinária do coletivo (MVC 2020)

8ª Conferência Internacional de Medicina Veterinária do coletivo (MVC 2020)